Gravíssimo | TSE encontra quase 20 sinais de ilícitos na campanha de Bolsonaro! Saiba mais e compartilhe...

11/11/2018 23:18

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Bolsonaro se elegeu em cima de uma milionária campanha nas redes sociais financiada de forma irregular por grandes empresários. O caso é de impedimento de posse

Bolsonaro | Segundo matéria de hoje (12) da Folha de S.Paulo, a área técnica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encontrou 17 sinais de ilícitos na campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro. Fato é gravíssimo. Capitão tem três dias para se explicar.

Dentre os indicativos de irregularidades, o TSE apontou "o descumprimento de prazos para informe à Justiça Eleitoral de receitas e gastos, inconsistências entre dados informados pela campanha e aqueles registrados em órgãos oficiais e recebimento de doações de fontes vedadas." (Continua, após o anúncio).

"Há ainda a afirmação de que a AM4, maior fornecedora da campanha de Bolsonaro, não tem autorização da Justiça Eleitoral para fazer arrecadação de doações pela internet, maior fonte de recursos da campanha do capitão reformado."


Fakes news milionários via WhatsApp

Além dos problemas elencados pelo TSE, a campanha de Jair Bolsonaro foi bombada através de milionários fake news via WahatsApp. Foi denunciado pela própria Folha de S.Paulo que grandes empresários — como o dono da Havan — gastaram cerca de R$ 12 milhões para espalhar boatos nas redes sociais para favorecer o capitão. O caso, portanto, é de impedimento de posse.

Leia também: