Privatização do Fundeb é elogiada pelo presidente da Comissão de Educação (CE) do Senado

12/12/2020

Isto é um mau sinal, pois a regulamentação que privatizou o Fundo na Câmara será também votada pelo senadores na próxima semana. O presidente da CE já antecipou seu voto.

Publicidade

Senador Dário Berger (MDB-SC). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado.
Senador Dário Berger (MDB-SC). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado.

Educação | O senador Dário Berger — presidente da Comissão de Educação (CE) do Senado — elogiou bastante a votação na Câmara que privatizou o Fundeb. Para o parlamentar, transferir dinheiro público para escolas particulares, "será um avanço com reflexos positivos para todo o Brasil."

Isto é um mau sinal, pois o Projeto de Lei que regulamentou e privatizou o Fundo na Câmara será também votada pelo senadores na próxima semana ou, no máximo, até o final do ano. O presidente da CE já antecipou seu voto. Após o anúncio, veja a íntegra do que declarou.

À Agência Senado, Dário Berger deu a seguinte declaração sobre a regulamentação e privatização do Fundeb:

"Apesar de alguns pontos polêmicos, tenho a convicção de que a Câmara aprovou o melhor texto possível e agora poderemos nos debruçar e aprovar, já na próxima semana, essa matéria tão relevante também no Senado. Tenho convicção de que será um avanço com reflexos positivos para todo o Brasil."

Continua, após o anúncio.

Mobilização

Para evitar que esse pensamento do Senador Dário Berger prevaleça, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) promete organizar várias mobilizações de base social. Aliado a isso, a CNTE promete também encampar uma forte luta jurídica para que o Fundeb volte a ser público, tal como foi concebido em sua origem.

Curta abaixo nossa página no Facebook e receba atualizações sobre este tema. 

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de um valor qualquer para que possamos continuar a manter este site aberto. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Doar com PagSeguro

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes...

Benefício será depositado na conta de professores e todos os demais servidores da educação ainda neste mês de dezembro. Detalhe do anúncio mostra que não é só do Fundeb que há sobras de recursos, algo que deve ser observado pelo magistério de todo o Brasil.
Medidas visam adequar prefeitura de Teresina à Reforma da previdência criada pelo presidente Jair Bolsonaro, do qual o prefeito José Pessoa (MDB) é forte aliado. Direção do Sindserm-THE chama mobilização para Câmara Municipal, com o intuito de barrar as horrendas iniciativas.
Magistério de estados e municípios deve pressionar gestores sobre recursos, pois aprovação de lei sobre como proceder ao rateio encerra dia 31 deste mês, vez que dinheiro que sobrar deve ser devolvido em forma de abono ao magistério ainda neste ano. Vereadores e deputados estaduais devem ser acionados o quanto antes. O recesso parlamentar se...