Parlamentares criticam desmonte do Fundeb feito  por aliados de Bolsonaro na Câmara

10/12/2020

COMPARTILHE!

Publicidade

PT, PSOL e PCdoB votaram contra destinar dinheiro do Fundeb para escolas privadas.

Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e toda a esquerda votaram contra o desmonte do Fundo que mantém a escola pública. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados.
Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e toda a esquerda votaram contra o desmonte do Fundo que mantém a escola pública. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados.

Educação | Aliados do presidente Bolsonaro na Câmara aproveitaram ontem (10) a votação do PL 4.372/2020, que regulamentou o Fundeb, para aprovar a destinação de recursos públicos desse Fundo para escolas privadas. Parlamentares de oposição ao governo, em particular do PT, PSOL e PCdoB, votaram contra tal iniciativa e usaram suas redes sociais para criticar seus "colegas" de parlamento e o desmonte do Fundo que mantém a educação básica pública de estados e municípios e os salários dos profissionais do magistério. Veja, após o anúncio.

Jandira Feghali (PCdoB-RJ):

Natália Bonavides (PT-RN):

Marcelo Freixo (PSOL-RJ):

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de um valor qualquer para que possamos continuar a manter este site aberto. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Doar com PagSeguro

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes...

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.
Jair Bolsonaro sabe que as urnas são seguras e que as pesquisas refletem vitória de Lula no primeiro turno, tal também como acertaram em relação ao próprio atual presidente em 2018. Por isso, só resta ao capitão berrar, para tentar tumultuar o dia do pleito e ganhar no grito. Coisa de baderneiro desesperado", diz o cientista político, que faz...