Cientistas dizem que narrativa mais antiga da humanidade é arte de 51,2 mil anos

06/07/2024

Cena de humanos interagindo com um porco é um marco na história, é o que indica análise publicada na revista 'Nature' 

Compartilhe!

PIX Caixa: 

pix@deverdeclasse.org

PIX Vakinha:

3435969@vakinha.com.br

Sua contribuição é crucial, pois ajuda na cobertura dos custos mensais da página, para que possamos mantê-la atualizada. Obrigado.

Fred Schwaller, no site Deutsche Welle Brasil 

ual é a história mais antiga já registrada pelos seres humanos? Os cientistas agora acham que é uma história tão antiga quanto o tempo — o lugar da humanidade na natureza —, pintada no fundo de uma caverna na Indonésia.

Trata-se de uma cena de humanos interagindo com um porco, pintada em uma parede com pigmentos vermelhos e pretos. A luz de uma tocha faz com que as figuras dancem e pulem, animando a cena em uma história.

Uma nova análise, publicada em 3 de julho na revista Nature, constatou que essa sofisticada cena de interações entre humanos e animais tem cerca de 51,2 mil anos, o que a torna dezenas de milhares de anos mais antiga do que outras artes rupestres encontradas em lugares como a caverna de Lascaux, na França.

"Nós, como seres humanos, nos definimos como uma espécie que conta histórias. Essas [pinturas] são a evidência mais antiga de que fazemos isso. Isso mostra que os pintores estavam transmitindo mais informações do que apenas imagens estáticas", diz Maxime Aubert, arqueólogo da Griffith University, na Austrália, que liderou o estudo.

A mais antiga narrativa encontrada até agora

A equipe de Aubert estudou as camadas de arte que cobrem as paredes de uma caverna de calcário chamada Leang Bulu Sipong 4, na ilha de Sulawesi, na Indonésia.

Trabalhos anteriores na caverna mostraram que o homo sapiens, ou humanos modernos, visitaram o local ao longo de milhares de anos, deixando suas histórias nas paredes entre 27 mil e 44 mil anos atrás.

A arte está preservada atrás de uma camada de carbonato de cálcio que se formou sobre a parede da caverna ao longo de milhares de anos, prendendo a arte como um inseto em âmbar.

(...)

Texto original AQUI

Anúncio

Compartilhe!

Tópicos relacionados:

Dez matérias mais recentes:

Projeto aprovado na Câmara é praticamente o mesmo criado no governo do golpista Michel Temer e só atende a interesses de privatistas. Estudantes terão de conviver com o monstrengo dos itinerários (de)formativos, e docentes terão sobrecarga de trabalho.