Internautas opinam sobre se vacina deve ou não ser obrigatória

21/12/2020

O presidente Bolsonaro tem ajudado a desinformar sobre a necessidade da vacinação contra a Covid-19, o que induz muitos de seus seguidores a dizer que não querem se imunizar.

Publicidade

Presidente Bolsonaro e Eduardo Pazzuelo, ministro da Saúde. Dupla ineficaz no combate à Covid-19. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.
Presidente Bolsonaro e Eduardo Pazzuelo, ministro da Saúde. Dupla ineficaz no combate à Covid-19. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Saúde | O Brasil caminha a passos largos para chegar a 200 mil óbitos por Covid-19 e a 10 milhões de infectados. Enquanto isso, o presidente Bolsonaro e Eduardo Pazzuelo, ministro da Saúde, continuam a brincar com a doença. O chefe maior do País desdenha da pandemia e prega contra a vacinação obrigatória. E o ministro diz que comprará o remédio se houver demanda.

Muitos brasileiros, influenciados por Bolsonaro, dizem que não querem se vacinar, como atestou recente pesquisa do Datafolha: 23% disseram não à vacinação obrigatória. Após o anúncio, vote na enquete e dê também sua opinião sobre o tema.

Vote na enquete!

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Benefício será depositado na conta de professores e todos os demais servidores da educação ainda neste mês de dezembro. Detalhe do anúncio mostra que não é só do Fundeb que há sobras de recursos, algo que deve ser observado pelo magistério de todo o Brasil.
Medidas visam adequar prefeitura de Teresina à Reforma da previdência criada pelo presidente Jair Bolsonaro, do qual o prefeito José Pessoa (MDB) é forte aliado. Direção do Sindserm-THE chama mobilização para Câmara Municipal, com o intuito de barrar as horrendas iniciativas.
Magistério de estados e municípios deve pressionar gestores sobre recursos, pois aprovação de lei sobre como proceder ao rateio encerra dia 31 deste mês, vez que dinheiro que sobrar deve ser devolvido em forma de abono ao magistério ainda neste ano. Vereadores e deputados estaduais devem ser acionados o quanto antes. O recesso parlamentar se...