Governos recebem milhões do Fundeb todo dia mas pagam os piores salários do mundo aos professores! Veja números e divulgue...

14/03/2017
Foto: depositphotos - Reprodução proibida
Foto: depositphotos - Reprodução proibida

Da Redação | Segundo o site do Banco do Brasil, governadores e prefeitos recebem quase que diariamente milhões de reais em recursos do Fundeb. Do que é arrecadado e distribuído, 60% por cento devem ser aplicados para valorizar salarialmente os profissionais do magistério. Os 40% restantes é para manutenção das escolas.

Entretanto, mesmo com tanto dinheiro nas mãos, governadores e prefeitos continuam a pagar os piores salários do mundo aos professores da educação básica pública.

Dia 15 de março, educadores de todo o país iniciam Greve Nacional contra a reforma da previdência do (des)governo Temer e para reivindicar melhores salários. 

Confira as tabelas abaixo e tire suas próprias conclusões:

Leia também:

Lei Complementar contra o magistério, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em março deste ano, desconsiderou — para efeito de vários e importantes benefícios — quase dois anos de trabalho dos profissionais da educação, maio de 2020 a 31 de dezembro de 2021, fase crítica da pandemia de Covid-19. Na prática, é como se o magistério não tivesse...
Anúncios de pagamento devem se intensificar no mês de dezembro. Expectativa é que muitos estados e inúmeros municípios paguem o abono aos profissionais do magistério. CNTE luta para mudar critério de distribuição.