Carreira Nacional do Magistério (CNM) já tramitou no Senado e aguarda aprovação na Câmara

18/09/2021

Projeto prevê a adoção do Plano de Carreira de Magistério do Ensino Básico do Colégio Pedro II, do Estado do RJ. Profissionais do DF, estados e municípios são contemplados. Remuneração de docente com Dedicação Exclusiva a ser paga pelo governo federal pode chegar a mais de R$ 12 e R$ 19 mil, dependendo da titulação.

´Docentes brasileiros precisam de uma carreira nacional unificada, que permita-lhes melhores ganhos salariais e outros benefícios, como o incentivo à titulação, algo que o PL 2286/2015 pode possibilitar. Na imagem, o presidente da Câmara Arthur Lira concede coletiva à imprensa. Educadores devem pressionar os parlamentares para que apressem a aprovação da Carreira Nacional do Magistério (CNM). Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados.
´Docentes brasileiros precisam de uma carreira nacional unificada, que permita-lhes melhores ganhos salariais e outros benefícios, como o incentivo à titulação, algo que o PL 2286/2015 pode possibilitar. Na imagem, o presidente da Câmara Arthur Lira concede coletiva à imprensa. Educadores devem pressionar os parlamentares para que apressem a aprovação da Carreira Nacional do Magistério (CNM). Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados.

Educação | O Projeto de Lei nº 2.286/2015 está à espera de aprovação na Câmara dos Deputados. Medida propõe a criação do Programa Federal de Educação Integral de Qualidade para Todos (PFE) e a Carreira Nacional do Magistério da Educação Básica (CNM). PL aguarda Designação de Relator na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) daquela casa legislativa.

Chamado popularmente de 'Federalização da Educação', projeto foi criado originalmente pelo ex-senador do Distrito Federal Cristovam Buarque e já tramitou com sucesso no Senado. 

Segundo o Artigo 4º desse PL: "O Plano de Cargos e Salários da CNM adotará o Plano de Carreira de Magistério do Ensino Básico adotado pelo Colégio Pedro II, do Estado do Rio de Janeiro." 

Profissionais do DF, estados e municípios são contemplados. Veja detalhes da remuneração, após o anúncio.

Remuneração

Remuneração adotada pelo Colégio Pedro II, segundo memorando circular de julho de 2018, pode chegar — para professor de Dedicação Exclusiva e com mestrado — a mais de R$ 12 mil. Com doutorado, o mesmo docente pode ultrapassar R$ 19 mil.

O memorando de 2018 do Colégio Pedro II informa também que professores — apenas graduados e sem Dedicação Exclusiva — chegam a ganhar R$ 6.005,63, para jornada de 40 horas semanais.

Benefícios

Além de melhor remuneração do que a atual média nacional, e possibilidade de crescimento na carreira com ascensão no salário, Plano que a Carreira Nacional do Magistério (CNM) pretender adotar prevê ainda a existência de vários benefícios, como auxílios refeição, creche e transporte. Continua, após o anúncio.

Sonho?

Muitos educadores andam tão desestimulados que não creem que uma política desse tipo possa ser implantada em todo o Brasil. Como diria o grande Raul Seixas, no entanto: 

"Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só / Mas sonho que se sonha junto é realidade". 

É preciso lutar, então, para que esse projeto seja aprovado na Câmara. No Senado, já passou. É deixar o pessimismo e correr atrás do direito.

Com informações de: Agência Câmara de Notícias e portal do Colégio Pedro II

Compartilhe e siga abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. 

Faça uma doação de qualquer valor e ajude esta página a se manter no ar. Caso não possa ou queira ajudar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt  

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Educadores repudiam descontos de salários e querem que o Sinte-Pi promova ação prática e urgente para que a governadora Regina Sousa (PT) reponha imediatamente o dinheiro cortado dos professores. Docentes exigem também que lotação original seja mantida.
"A lei do piso se transformará em mais uma norma sem sentido real". "Decisão se estenderá a todos os entes — estaduais e municipais." Ministro "Xandão" chegou a conclusão inusitada após embarcar em "informações e tese distorcidas prestadas pelo Estado do Pará". Avaliação consta em nota assinada pelo experiente advogado Walmir Brelaz, do Sintepp/Pa....