Garotinho dá "um tapa na cara" de Bolsonaro, ao chamá-lo de covarde e fujão! Assista...

02/04/2017
Fotomontagem: Internet
Fotomontagem: Internet

Da Redação | O ex-governador do Rio de Janeiro, Antony Garotinho, chama no vídeo abaixo o deputado Jair Bolsonaro de covarde e fujão. Na prática, é como se Garotinho tivesse dado 'um tapa na cara' do "mito", que se acha o homem mais corajoso, honesto e valentão do Brasil.

A crítica do ex-governador do Rio de Janeiro é porque Bolsonaro correu na hora da votação do projeto das terceirizações, que prejudica de morte os trabalhadores brasileiros.

Disse Garotinho:

"Teve Deputado que fugiu, tem um aí que é candidato a presidente da república, deputado Bolsonaro, na hora de votar na terceirização saiu do plenário. É assim que você quer ser presidente? Na hora de defender o trabalhador, você foge do plenário? Seu voto fez falta, o Brasil não precisa de covardes! E você não é tão valentão?"

Assista:

Leia também:

1932. O mafioso Al Capone começa, em Atlanta, a cumprir uma sentença de onze anos de prisão por sonegação de impostos.

1979. Margaret Thatcher vence as eleições gerais do Reino Unido e torna-se a primeira mulher a ser primeira-ministra britânica.

No entendimento de José Professor Pachêco e Renato Coelho de Farias, a correção do piso deve ser pelo custo aluno executado, e não pelo custo aluno estimado. Deste modo, índice de 2024 é 4,70%, e não 3,62%. Nesta linha, valor nominal deste ano é R$ 4.633,44, em vez de R$ 4.580,57. Foi o que divulgamos aqui em matéria do Dever...