Prefeitura fala sobre reajuste do magistério e melhoria já para 2022

07/01/2022

Semec de Belém atendeu a uma solicitação do Dever de Classe e nos enviou importantes esclarecimentos sobre pleitos dos educadores, em particular quanto à atualização salarial prevista para este ano.

Edmilson Rodrigues (PSOL-PA), prefeito de Belém. Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados.
Edmilson Rodrigues (PSOL-PA), prefeito de Belém. Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados.

Educação | Em atendimento a uma solicitação do Dever de Classe, a Prefeitura de Belém — através da Semec — nos enviou informações sobre situação e pleitos dos educadores dessa cidade, em particular quanto à atualização salarial prevista para este ano, cujo índice é de 33,23%. Texto fala de dificuldades, mas também acena com melhoria já para 2022. O prefeito é o velho e combativo Socialista Edmilson Rodrigues, do PSOL. Confira, após o anúncio.

Relacionadas:

A solicitação que enviamos (06/01/2022)

Solicitamos, encarecidamente, informes da prefeitura de Belém, sobre:
1. Reajuste para o Piso Nacional do Magistério confirmado para 2022, percentual de 33,23%, assegurado na Lei Federal nº 11.738/2008 e em portarias interministeriais do governo federal. Sobre tal ponto, pedimos, se possível, destaque para:

  • previsão de implantação: integral, parcial e/ou parcelado (pela lei, o mês é janeiro).
  • impacto na folha, caso já tenha sido feito algum estudo sobre isso.

A resposta da prefeitura (07/01/2022)

"Bom dia!

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), informa que encontrou o magistério com valores de vencimento-base menores do que o piso, representando apenas 46% do seu valor. A Semec foi impedida pela LC 173 de 2020 de iniciar a recomposição progressiva rumo ao piso em 2021, mas informa que essa recomposição começará a ser feita em 2022.

A Prefeitura ressalta que a justa correção do valor feita para 2022 torna, ainda, mais distante o vencimento-base comparado ao piso nacional, mas apresentará para a categoria uma proposta de alcance progressivo deste valor.

O órgão municipal de Educação informa que há um agravante, que é o fato de existir gratificações com percentuais altos e que provocam efeito cascata. Por exemplo, há gratificações de 20% de magistério, 60% de titularidade para quem tem nível médio e de 100% para quem tem nível superior (a maioria da categoria). Todas essas variáveis estarão em debate numa comissão paritária, para debater a reformulação da carreira e, por conseguinte, o seu início que é o piso nacional." 

Atenciosamente, Tábita Oliveira

7 de Janeiro de 2022 11:28, Ascom Semec

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Professora Dorinha é presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e diz que não há lacuna para que o percentual de 33,23% não seja cumprido urgentemente, tal como reza a lei 11.738/2008. O Dever de Classe entrou em contato com a assessoria da parlamentar e obteve mais informações sobre as ações que poderão ser feitas.
Educadora diz que "é uma tristeza ver uma professora usar o nome de Deus para defender um presidente satânico e que "se não houver paralisação nacional e luta não haverá aumento de salário nenhum".