ABSURDO | Burocratas do MEC ganham de R$ 11 mil a 32 mil reais, enquanto o piso dos professores corre o risco de baixar!

20/09/2017 12:44

Ministro Mendonça Filho / Foto: Agência Brasil
Ministro Mendonça Filho / Foto: Agência Brasil

DA REDAÇÃO | Em 2017, o piso nacional dos professores foi reajustado em 7,64% e passou para R$ 2.298,80. Mesmo baixíssimo, a maioria dos prefeitos e governadores não pagou o percentual de correção, sob a velha e surrada desculpa de "crise".

Achando pouco, o senador Dalírio Beber (PSDB-SC) criou PLS 409/2016), para permitir que gestores reajustem o piso dos educadores por um índice abaixo até da inflação. Ou seja, em termos reais, o piso do magistério corre o risco de baixar. Leia mais AQUI.

No entanto, enquanto os professores da educação básica pública de todo o Brasil enfrentam dias de cão na sala de aula e recebem remunerações miseráveis, comissionados do MEC estão muito bem, obrigado, instalados em seus luxuosos gabinetes em Brasília.


Veja quanto ganham alguns deles;

  • Emmanuel S - DAS/1015/CONSULTOR JURIDICO: 32.215,94
  • Eduardo C - DAS/1014/COORDENADOR GERAL: 29.313,53
  • Adriana R - DAS/1024/ASSESSOR: 28.227,19
  • Rubens M - DAS/1014/CHEFE DE GABINETE: 28.018,65
  • Leandro C - DAS/1014/CHEFE DA ASSESSORIA: 26.066,54
  • Ivana S - DAS/1016/SECRETÁRIA: 25.902,28
  • Manoel N - DAS/1025/ASSESSOR ESPECIAL DE CONTROLE INTERNO: 19.938,88
  • Denilson T - DAS/1011/CHEFE DE SERVIÇO: 13.390,99
  • Bárbara R - DAS/1022/ASSISTENTE: 14.303,69
  • Ana K - DAS/1013/COORDENADOR: 13.183,71
  • Edson F - DAS/1012/CHEFE DE DIVISÃO: 11.044,30
  • Moisés S - FCT/0008/FUNCÃO COMISSIONADA TÉCNICA:6.476,27
  • *Totais das remunerações após deduções - Portal da Transparência. Referência: novembro de 2016

MEC: A "dura vida" de quem está fora da sala de aula | Foto ilustrativa: arquivos webnode
MEC: A "dura vida" de quem está fora da sala de aula | Foto ilustrativa: arquivos webnode

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

LEIA TAMBÉM: