Reforma deve tornar pagamento de previdência pública opcional! Saiba mais...

15/01/2017 13:59

Da Redação | A draconiana reforma da previdência do governo Temer na prática vai impedir uma boa leva de brasileiros de se aposentar. Idade mínima de 65 anos e mínimo de 49 de contribuição para benefício integral são critérios planejados para excluir no futuro milhões de pessoas da aposentadoria pública.

Planalto quer aprovar a medida ainda neste primeiro semestre de 2017.

A professora Cláudia M  Aragão, 32 anos, diz que já está há 10 na sala de aula. Pelas normas do governo atual, ela ainda precisará de mais 39 de labuta para não perder dinheiro quando for se aposentar. "Acho injusto, pois é um tempo muito longo e talvez eu, como muitos, nem cheguemos até lá".

Cláudia diz que atualmente desconta todo mês R$ 352,07 para a previdência estadual do Piauí, FUNPREV. "Mesmo supondo que esse valor ficasse congelado até o final, daqui a 39 anos eu teria contribuído com R$ 164.768,76, fora os dez anos que já paguei. Seria melhor a reforma do Temer tornar opcional o pagamento e eu própria, se quisesse, guardar o meu dinheiro", opina.

A sugestão de Cláudia começa a ser compartilhada por muitas outras pessoas no país, principalmente servidores públicos. O médico Ênio Costa afirma que se as regras Temer não forem derrubadas, o melhor mesmo é cada um guardar o próprio dinheiro. 

Enquete

Leia também: