Educadores querem Lei Federal que puna aluno agressor e responsabilize também sua família! Saiba mais...

21/01/2017 19:17

Foto: depositphotos - Reprodução proibida
Foto: depositphotos - Reprodução proibida

Da Redação | "O governador Pedro Taques sancionou a Lei 10.473, de autoria do deputado Sebastião Rezende (PSC), que institui a "Política de Prevenção à Violência contra Profissionais da Educação da Rede de Ensino do Estado de Mato Grosso". (Dê sua opinião na enquete ao final da matéria).

"A lei protege os docentes, os que oferecem suporte pedagógico direto no exercício da docência, os dirigentes ou administradores das instituições de ensino, os inspetores de alunos, supervisores, orientadores educacionais e coordenadores pedagógicos". 

"Caso comprovado o ato de violência contra o profissional do ensino, tendo dano material, físico ou moral, responderão solidariamente a família do ofensor, se menor, o ofensor e a instituição de ensino. O profissional de ensino ofendido ou em risco de ofensa poderá procurar a direção da instituição de ensino e postular providências corretivas".  

Educadores de todo o país se manifestaram de forma positiva em relação a essa lei aprovada no Estado do Mato Grosso. E propõem que se crie uma lei semelhante federal que possa valer em todo o Brasil.

A internatura Ediane Araújo, por exemplo, diz que: "Torço para que ultrapasse as fronteiras do MT e chegue de fato à Constituição Federal. Lei como esta vale a pena lutar, na qual estimula a sociedade á usar o cérebro, refletindo sobre sua causa e efeito que a compõe. Parabéns aos políticos do estado que mesmo sabendo que é estadual, não deixaram de pensar e sancionar leis que podem fazer a diferença no rendimento Educacional do país. Acorda Brasília!!!".

Com informações de: http://educarteoficial.blogspot.com.br/

Dê sua opinião:

Leia também: