Além do secretário do Temer, quem mais é a favor de absurdas carnificinas semanais em presídios? CLIQUE E VOTE

08/01/2017 07:33

Da Redação | Segundo amplamente divulgado pela chamada 'grande mídia' de todo o país, Bruno Júlio (PMDB), titular da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) e um dos assessores especiais do governo Temer, declarou sobre as recentes matanças de mais de 90 presos no Amazonas e em Roraima que "tinha que ter uma chacina por semana". 

O ponto de vista de Bruno, na verdade, expressa o caráter reacionário e retrógrado de todo o governo Temer. Ele é a expressão mais bem acabada de um projeto que, na prática, persegue pobres e trabalhadores, sejam os que estão no mundo do trabalho, através de reformas antissociais e antitrabalhistas, sejam os que estão presos, via maus tratos e apologia a chacinas. 

Principalmente pelas redes sociais, internautas se posicionaram bastante sobre o caso. Muitos fizeram coro com Bruno e apoiaram sua declaração. A maioria, no entanto, repudiaram a fala do peemedebista.

E você? Vote na enquete abaixo:

Leia também: