Urgente! Novo banquete pelo fim da aposentadoria dos trabalhadores poderá custar milhões aos cofres públicos! Saiba mais e compartilhe...

22/11/2017 12:39

Temer se refestela com deputados aliados | Foto: Agência Brasil
Temer se refestela com deputados aliados | Foto: Agência Brasil

O Almas Caviar custa 25 mil dólares a latinha. Vinho Domaine Leflaiv, Cote de Beaune, France. Preço médio da garrafa: 5.726 dólares

DA REDAÇÃO | O desgoverno Temer (PMDB) ofertará hoje (22) no Palácio da Alvorada um novo e milionário banquete para cerca de 400 deputados de sua base aliada. O encontro contará também com a presença de ministros, economistas e especialistas favoráveis ao fim da aposentadoria dos trabalhadores. Para aprovar a destruição da previdência pública, Temer precisa de no mínimo 308 votos na Câmara. O milionário banquete é exatamente para tentar convencer os deputados a aderirem à proposta. (Ver caríssimo cardápio após o anúncio).

Custo milionário

O banquete deve sair bastante caro aos cofres públicos. Qualquer especialista no assunto sabe que organizar um evento dessa natureza para cerca de 400 e exigentes deputados pode ultrapassar a casa dos milhões de reais. Isto sem falar nos outros convidados.

Iguarias finas normalmente servidas nessas ocasiões custam verdadeiras fortunas. O Almas Caviar, por exemplo, custa 25 mil dólares a latinha. Multiplique por R$ 3,26 (cotação do dólar hoje, 22) e você chega a R$ 81.500 a unidade. E se cada deputado exigir uma porçãozinha dessas?

Caviar, uma das iguarias mais finas e caras do mundo. Certamente nossos deputados apreciam bastante tal comestível.
Caviar, uma das iguarias mais finas e caras do mundo. Certamente nossos deputados apreciam bastante tal comestível.
Vinhos requintados: quase obrigatório em banquetes.
Vinhos requintados: quase obrigatório em banquetes.

Além de finíssimos comestíveis, nesses banquetes também não costuma faltar bebidas caras, principalmente vinhos importados. No site AGAZETA, o enófilo Luiz Cola lista os 50 vinhos mais caros do mundo segundo o Wine Searcher.

Da coleção, deputados menos expressivos poderão apreciar um Domaine Leflaive Montrachet Grand Cru, Cote de Beaune, France. Preço médio da garrafa: 5.726 dólares.

Para os mais chegados do presidente, a pedida pode ser o Henri Jayer Richebourg Grand Cru, Cote de Nuits, France. A garrafa custa a bagatela de 23.941 dólares.

Os deputados certamente não irão se refestelar sozinhos. Levarão esposas(os), namoradas(os), filhos e assessores. Ou seja, a gastança com o dinheiro público de fato será milionária.

Compartilhe com seus amigos e curta nossa página, para receber atualizações sobre este e outros temas!

LEIA TAMBÉM: