Prisão de Boulos pode ser só o começo da caçada fascista aos militantes de esquerda de todo o país

17/01/2017 10:46

Foto: Rede Brasil Atual
Foto: Rede Brasil Atual

Da Redação | Que ninguém se engane! A prisão de Guilherme Boulos pela polícia do Alckmin pode ser só o começo da caçada fascista aos militantes de esquerda de todo o país. A ridícula alegação de 'desobediência civil' usada contra o líder do MTST é só um dos muitos pretextos que PSDB, Temer e seus órgãos repressivos usarão para colocar atrás das grades quem se opuser aos planos macabros (inclusive na habitação) que já aplicam ou querem aplicar em São Paulo e no resto do país. 

A própria polícia, em matéria da Folha (17), diz que já havia se 'atritado' com Boulos em manifestação em frente à casa do Temer em 2016. Ou seja, ao que tudo indica, prisão já estava marcada. 

Boulos, na verdade, foi encarcerado porque se opôs, de forma pacífica, à reintegração de posse do terreno Colonial, que beneficiaria 3000 pessoas.

A esquerda e todos os movimentos progressistas devem se unir para derrubar Temer, PSDB e lutar contra toda e qualquer perseguição que surja contra os trabalhadores e suas lideranças. Está na hora da Greve Geral.