Os fora da lei jamais vão impedir a prisão de Lula! Só as ruas podem fazê-lo

28/01/2017 14:33

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula | Original em preto e branco
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula | Original em preto e branco

Da Redação | A ameaça feita pelo delegado tucano Igor Romário de Paula dando aviso que dentro de trinta ou sessenta dias a lava-jato pode prender Lula tem que ser levada a sério. Paula não fez tal declaração a toa ou apenas porque é despreparado e falastrão. O anúncio, na verdade, faz parte da trama para testar se Lula, PT e todas as correntes progressistas do país têm condições de reagir à altura para impedir o encarceramento do ex-presidente.

Neste sentido, Lula e o PT não podem apostar todas as fichas apenas em interpelações à justiça, ministério público e polícia federal. Essas instituições hoje são dirigidas por elementos claramente golpistas, que certamente estão inclusive por trás da nova ameaça do delegado Paula.

É um absurdo, em nossa opinião, que quadros experientes do PT falem até em buscar apoio do ministro Alexandre de Morais ou outros golpistas afins. Allexandre de Morais ou qualquer outro fora da lei que querem prender Lula só ouvirão eles mesmos e seus pares. 

O que existe no Brasil atualmente é um claro Estado de exceção, onde a lei ou a ausência dela serve apenas para atender aos interesses dos que se instalaram ilegitimamente no Palácio do Planalto. Ou alguém já esqueceu a condução coercitiva de Lula ocorrida em março de 2016? Que lei a norteou?

É preciso, pois, preparar as baterias e mobilizar desde já amplos setores da classe trabalhadora e de todos os setores progressistas contrários ao golpe de Estado. Os fora da lei jamais vão impedir a prisão de Lula. Só as ruas podem fazê-lo. É óbvio que isto não impede que os golpistas sejam denunciados também, de forma oficial, dentro das próprias instituições que ora dirigem.

Leia também: