ECONOMIA | Deputado cria polêmico projeto que prevê o fim do dinheiro em espécie! Saiba como ficará e compartilhe...

10/07/2017 12:54

A Comissão de Defesa do Consumidor promove na Câmara dos Deputados terça-feira (11) audiência pública para discutir o Projeto de Lei 48/15, do deputado Reginaldo Lopes (PT-MG), que pretende pôr fim à produção, circulação e uso do dinheiro em espécie e determina que as transações financeiras se realizem apenas por meio do sistema digital. (Dê sua opinião na enquete ao final).

Sucinto, o projeto diz que:

Art. 1º fica extinto o dinheiro em espécie e proibida sua produção, circulação e seu uso em transações financeiras. 

Parágrafo único: é permitida a posse de cédulas de dinheiro para fins de registro histórico. 

Art. 2º Fica proibida a cobrança por empresas bancárias e de crédito, de percentual em transações de debito.

Como ficará na prática, caso o projeto seja aprovado:

Tudo será digital: "A cada dia que passa, transações feitas digitalmente (seja em sites de banco, máquinas de cartão de débito/crédito, celulares) poderão, daqui a alguns anos, fazer com que cédulas de moedas caiam no esquecimento", diz a justificativa. O parlamentar argumenta que inclusive pagamentos de pequenos valores já podem ser feitos apenas com o uso da tecnologia digital.

Criminalidade perde

Para o autor do projeto, a sociedade ganha e os criminosos perdem. De terroristas, sonegadores, lavadores de dinheiro, cartéis de drogas a batedores de carteira. Sem dinheiro, toda essa bandidagem ficaria sem razão de existir, ressalta o parlamentar.

Outros países

Por fim, o deputado Reginaldo Lope diz ainda que Noruega, Suécia e Israel caminham também para extinguir o dinheiro em espécie. De acordo com o Art. 3º do projeto, a lei é para entrar em vigor 5 (cinco) anos após sua publicação.

Será que funciona?

Dê sua opinião na enquete abaixo:

LEIA TAMBÉM: