Custo-aluno é reajustado, mas piso do magistério é o menor desde sua implantação! Veja percentual e compartilhe...

06/12/2017 21:26

Mendonça Filho e Michel Temer, golpistas contra os interesses da Educação Pública / Foto: Agência Brasil
Mendonça Filho e Michel Temer, golpistas contra os interesses da Educação Pública / Foto: Agência Brasil

DA REDAÇÃO | Em 30 de novembro último foi publicado no Diário Oficial da União o ajuste do valor mínimo anual do FUNDEB, para o ano de 2017. O valor per capita passou de R$ 2.875,03 para R$ 2.926,56, em razão de ajustes nas receitas do Fundo e nas matrículas do nível básico. 

Com isso, o valor nominal do piso do magistério em 2018 passa a ser R$ 2.455,52, e o percentual linear que deve ser colocado no salário-base de cada professor no primeiro  dia de janeiro deverá ser de 6,81%. (Continua após o anúncio)

Como prevemos aqui no Dever de Classe, em 2018 o piso do magistério deve ter a menor correção desde que foi implantado, em 2009.

No gráfico abaixo, após o anúncio, veja a evolução do piso dos professores e observe que após a entrada de Michel Temer (PMDB) na presidência e do sr. Mendonça Filho no MEC, o piso teve seus percentuais de reajuste mais baixos.

O valor do piso para 2018 deverá ser confirmado no dia 20 de dezembro, quando ocorrerá uma reunião do Fórum Permanente, convocada pelo Ministério da Educação (MEC). (Continua após o anúncio).

É importante não perder de vista que o valor e percentual do piso para 2018 anunciados aqui podem aumentar ou cair. Tudo depende da manutenção ou não do ajuste do valor mínimo anual do FUNDEB. Dia 20 é para sair a decisão final.

Com informações de: CNTE

Compartilhe com seus amigos e curta nossa página, para receber atualizações sobre este e outros temas!

LEIA TAMBÉM: