ABSURDO | Educação pública na lona e MEC torra só no primeiro semestre mais de R$ 13,5 milhões apenas com propaganda enganosa!

30/08/2017

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

DA REDAÇÃO | Segundo o Portal do MEC, esse ministério gastou R$ 13.575.103,12 com propaganda apenas no primeiro semestre deste ano. Dentre as empresas beneficiadas, as gigantes Globo, Editora Abril, Estadão & Cia. Enquanto isso, a educação pública de todo o País está na lona, muitas escolas (do ensino básico e superior) ameaçam fechar as portas por falta de recursos financeiros. O MEC está sob o comando de Mendonça Filho (DEM-PE).


Gastos do MEC com publicidade no primeiro semestre 2017 (R$)

  • Janeiro: 1.984.401,68
  • Fevereiro: 4.710.510,23
  • Março: 1.393.159,70
  • Abril: 1.725.564,66
  • Maio: 3.543.265,53
  • Junho: 218.201,32
  • TOTAL: 13.575.103,12 (treze milhões, quinhentos e setenta e cinco mil, cento e três reais e doze centavos)


Iludir o povo e favorecer aliados na mídia

Os gastos milionários com publicidade têm dois objetivos. O primeiro é tentar iludir o povo com mentiras sobre programas governamentais nocivos à maioria da população, como a reforma do ensino médio, que mutilou essa importante etapa da educação dos estudantes brasileiros. O segundo é possibilitar transferência legal de dinheiro público para aliados na mídia. Todo mundo viu o papel que a chamada "grande imprensa" teve na derrubada da presidenta Dilma (PT) e na ascensão do golpista Temer (PMDB).


Cadê a PEC que proíbe gastos por vinte anos?

A PEC 55, que proíbe gastos públicos por vinte anos, só vale mesmo quando se trata, no caso da Educação, de aparelhar as escolas públicas ou melhorar os salários dos profissionais do magistério. Para fazer propaganda enganosa e beneficiar aliados na mídia, milhões não faltarão. 

LEIA TAMBÉM: